Verbalize-se!

Verbalize-se!

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Por Onde Anda Thomaz Green Morton?



"E vós não deis ouvidos aos vossos profetas, e aos vossos adivinhos, e aos vossos sonhos, e aos vossos agoureiros, e aos vossos encantadores, que vos falam, dizendo: Não servireis ao rei da babilônia.Porque mentiras vos profetizam, para vos mandarem para longe da vossa terra, e para que eu vos expulse dela, e pereçais". Jeremias 27:9-10

    Thomaz Green Morton de Souza Coutinho, nas décadas de 70 e 80, ficou nacionalmente conhecido como o homem do “Rá”, cumprimento que ele fazia com a mão direita estendida para o alto. Assim como o israelense Uri Geller, era conhecido como paranormal e usava de efeitos supostamente sobrenaturais, como transpirar perfume e entortar colheres com a força da mente.

** "Eu vi coisas fantásticas, como ele irradiando luz caminhando. Ao redor do Thomaz era somente luz, luz, luz, explodindo luz, em todas as direções, era um negócio fantástico!", lembra Elba Ramalho.

"Os fenômenos acontecem em qualquer lugar!", assegura Pepeu Gomes.

"Sai de baixo disso, amarra e repreende em nome de Jesus, porque essas forças são de Lúcifer", diz Baby do Brasil, anos mais tarde.

"Se é coisa do demônio, do diabo, de Deus, sei lá de onde é, só digo uma coisa: ele furou uma moeda na minha mão com a mente", garante Sérgio Reis.

Nos anos 90, foi produzido um filme relatando a sua vida e suas proezas. Porém em 2002, James Randi, um ilusionista canadense radicado nos EUA, cético em relação a fenômenos que não poderiam ser explicados cientificamente, oferece UU$ 1 milhão a quem provar que é um autêntico paranormal. Logo a equipe de produção do programa dominical da Rede Globo, Fantástico exibe alguns vídeos mostrando os dotes do famoso "paranormal" brasileiro, contudo James demonstrou-se entediado com os feitos já manjados pelos profissionais da mágica e o desafiou em encontrar-se com ele pessoalmente.

Em abril do mesmo ano, diante das câmeras, Thomaz aceitou o desafio. Em junho, assinou um compromisso com Randi. Duas semanas depois, desistiu.

James Randi declarou: "eu não estou surpreso de que Green Morton se recuse a ser testado. Ele está com medo. Ele está mentindo. Ele é uma fraude".





Em Três Corações, Minas Gerais, no início dos anos 70, Thomaz trabalhava como farmacêutico. Fez suas primeiras apresentações numa boate chamada Lampião, em um lugar onde hoje existe um posto de gasolina. "Já conhecia o Sr. Thomas desde criança, desde 13, 14 anos. Mas pra mim foi surpresa quando me noticiaram, por volta de 79, que se tratava de um paranormal. Eu o conheci como um bom mágico, uma pessoa divertida, que fazia seus truques em bares", afirma Ubirajara Rodrigues, advogado.

Ubirajara, um estudioso dos chamados fenômenos paranormais, começou a pesquisar Thomaz Green Morton. "Eu estive na casa do Sr. Thomaz Morton durante quase 24 horas por dia, de dois a três dias por semana, em finais de 79 até meados de 80", conta o estudioso. Ubirajara viu um fenômeno que impressiona as pessoas que vão ao sítio de Thomaz em pouso alegre: as luzes que estouram pelo jardim.
"Olha lá, olha lá, você viu, no eucalipto?!!", exclama Thomaz Morton para algumas pessoas.

"Pude presenciar, flagrar, três ou quatro pessoas que de fato o ajudavam a espocar luzes, que vestiam roupas pretas para ficarem no meio do mato, escondidas. O Sr. Thomaz Morton se utilizava, por exemplo, de alguns flashes de máquina fotográfica compridos, quadrados, na cintura. uma vez eu pude presenciar isto", garante Ubirajara.

O estudioso mostra um aparelho idêntico ao que viu com Thomaz Morton. "Às vezes coloca-se um pedaço de papel celofane de diversas cores, para produzir energias de cores diferentes. Pode-se colocar esse flash também sob as calças, preso por uma borracha", explica o estudiosos. **

** Fonte: http://www.fantástico.globo.com/

  Da mesma forma, ilusionistas famosos como Dave Blane nos anos 90, usava de suas artimanhas para impressionar platéias e pessoas ao redor do mundo. A sua maior estratégia era usar de seus truques com pessoas na rua, nas quais distraídas, não conseguiam raciocinar como seus efeitos poderiam ser explicados.


"Impressionante o carisma e a áurea que há dentro dele. Sem dúvida, existe algo espiritual envolvido". Todavia ele usava de seus artifícios como arte e não por um 'propósito sobrenatural ', assim como relatava as vítimas de seus truques.

  A palavra bíblica é clara diante de truques assim chamados na literatura de feitiçaria, algo que ludibriava o consciente e o senso racional comum das pessoas, tendenciando a acreditarem algo que induzisse um certo feito extraodinário aos sentidos.



   Entretanto existe uma estreita distinção entre algo sobrenatural, de relevância espiritual e efeitos ilusórios que confundem as pessoas mais perceptivas e prevenidas. A nossa mente assim como os nossos sentidos, estão passíveis a interpretar certas informações externas da forma mais clara e abrasível, o que remete-se a entender certos fenômenos como a ilusão de ótica, os contrates do som na audição e a propagação sensorial do tato e do olfato num ambiente adverso. Aquilo que os nossos sentidos não podem decifrar, fica encarregado ao cérebro associá-lo com informações mais próximas à realidade, criando o efeito assim desejado por aqueles que o manipulam.

   Expressamente, relances como esse são utilizados até mesmo em igrejas evangélicas para enganar aos mais suscetíveis em busca de revestimento sobrenatural do poder divino. Certos procedimentos na cura de deficientes e aparecimento de pós de ouro, sinal de prosperidade são evidenciados como milagres, no obstante em que falsos prodígios como esse iludem e fazem fiéis se desviarem do real entendimento da palavra bíblica.

    Pessoas dessa categoria são equiparadas aos homicidas, prostitutos, mentirosos e corjas da criminalidade, pela manipulação da realidade por meio de efeitos maliciosos que ponham em prática também as ações maléficas de principados e potestades.

"Fez ele também passar seus filhos pelo fogo no vale do filho de Hinom, e usou de adivinhações e de agouros, e de feitiçarias, e consultou adivinhos e encantadores, e fez muitíssimo mal aos olhos do SENHOR, para o provocar à ira". 2 Crônicas 33:6

    
"Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira". Apocalipse 22:15

   A superstição em si, provoca tal ação de modo a intrigar pessoas por meio de simpatias que possam causar indução demoníaca em objetos inanimados, assim como a crença em espíritos de pessoas mortas que se manifestam por meio de "médiums" ou algo relacionado.

   Mediante a estas coisas, cabe ao cristão discernir a forma na qual é veiculada tais ações que podem ser  identificadas como sobrenaturais. É certo que acontecimentos abrangentes além da realidade natural é algo que deve possuir uma referência e um propósito específico na vida das pessoas e um vínculo com a realidade conferida segundo princípios paupáveis.



   Cristo desempenhou milagres de modo que pudessem ser direcionados à uma necessidade evidente àqueles que o requisitassem, ainda que a missão de Jesus não fosse necessariamente ceder a tais prodígios, pois conforme as escrituras, mesmo que Ele, o Cristo tenha vindo para curar enfermos, tais coisas não eram restritas aos feitos extra-físicos, pois o que realmente estava envolvido era a sua prioridade em cativar o homem sobre a grandeza do Reino dos Céus perante a Ele. Jesus se preocupava em direcionar pessoas ao seu ministério, independente das circunstâncias e situações adversas como doenças, o mar tenebroso e anomalias de nascença.




  Portanto, esteja ciente que acima dos sinais miraculosos, está a obediência e submissão à conduta inerente ao que a Bíblia manifesta para todos nós.

  "Porque os judeus pedem sinal, e os gregos buscam sabedoria; Mas nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos.Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus". 1 Coríntios 1:22-24.


   "O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja" 1 Corítios 14:4.


    Assim, caminhos são bem distintos entre ao que convém e a quem se equivoca em seguir falsos desígnos  de corrupção e valores perecíveis.

    Para Thomaz Green Morton e sua testa concentrada de hematomas em forma de coração que segundo ele seria a sua terceira visão, procedeu-se o que por fim fatalmente seria revelado todos os seus truques para milhares de pessoas em rede nacional , no que foi classificado ao patamar maior da enganação e do charlatanismo.

    Por fim, Thomaz se encontra atualmente sob mandato e pena judicial. Segundo o inspetor Antônio Fernando Gomes, “a prisão aconteceu em um rancho de propriedade de Morton”, num local conhecido como Ilha, na zona rural de Capitólio, sul de Minas Gerais. “Contra ele havia um mandado de prisão por homicídio culposo” na direção de um carro, expedido pela Justiça de Pouso Alegre, também sul de Minas. O acidente aconteceu em 2002, mas somente os advogados dos envolvidos, vítima e autor, têm acesso às informações sobre o que teria acontecido na época.

Christiano Lins

24 comentários:

  1. Faaaaaaaaala Cristiano... Senti suia falta quarta passada, foi bem legal...

    Quanto a teu excelente texto, realmente temos que ter cuidado com charlatões que enganam as pessoas usando um pseudo poder de uma pseudo espiritualidade... Achei massa vc ter levado a ideia desde esses gurus de Minas até os charlatões das igrejas...

    Apenas uma breve ressalva para os chamados "ilusionistas", que em sua proposta já tem a idéia de que aquilo não é sobrenatural, mas sim uma ilusão, uma brincadeira que engana os olhos... Tanto que até a palavra "mágico" já está fora de moda...

    Adoro ilusionismo como entretenimento... tanto alguém fazendo um truque, quando as maravilhosas ilusões criadas pelo cinema.

    Realmente, gurus espiritualóides e charlatões são uma categoria bem diferente dos profissionais do ilusionismo que tem por única função entreter... Tanto que foi o próprio Ilusionista James Randi quem desmascarou o charlatão de minas... E como vc mesmo disse, James não acredita no sobrenatural...

    Muito massa seu texto cara! Como sempre!

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho pena das pessoas que julgam sem nem ao menos conhecer,Thomas é um cara totalmente despreocupado com coisas materiais, nao liga pra dinheiro, se preocupa com as pessoas e nao tem tempo pra palhaçadas, tinha muita gente em cima dele e ele resolveu se mostrar assim pra ver se pelo menos conseguia dormir em paz e nao ter que atender a campainha da casa dele a cada 5 minutos pq um estranho quer entrar, vcs nao sabem de nada, continuem assim, qto mais imbecis melhor.

      Excluir
    2. AMIGO, PARA MUITAS PESSOAS, COISAS MATERIAIS NÃO TEM VALOR ALGUM, POIS SUA PRINCIPAL SATISFAÇÃO ESTÁ EM DESPERTAR A CURIOSIDADE E A CONFUSÃO AO REALIZAR ALGO QUE PARECE IMPRESSIONANTE... QUE O FAZ SENTIR ESPECIAL... MAS LHE GARANTO QUE EXISTIRAM E EXISTEM PESSOAS QUE REALMENTE SÃO ESPECIAIS.... DESTACADOS NAS DIVERSAS QUALIDADES HUMANAS, MAS TODOS COM O MESMO OBJETIVO,,, A UTOPIA DA IGUALDADE E COLABORAÇÃO MUTUA... AQUELE QUE ACREDITA SEMPRE SEGUIRA EM FRENTE... E SERÃO SEMPRE LEMBRADOS COMO EXEMPLOS POIS PODEMOS SER HUMANOS EM MEDIA SOMENTE 75 ANOS... E PARA SE TORNAR UM GANDHI, UM MANDELA OU UM LUTHER KING NÃO É UMA ESCOLHA FACIL... UBUNTU PARA VC AMIGO. UBUNTU

      Excluir
    3. É isso aí Maurício. Sou mais um Rámigo de Thomaz e me identifiquei com o seu trabalho de imediato. É 100% autêntico. Vivemos em uma sociedade materialis-
      ta de mentes tortas mas que está com os dias conta-
      dos!

      Excluir
    4. Parabéns pelo seu comentário inteligente e lúcido.

      Excluir
  2. Fazia tempo que eu não ouvia notícias desta figura. Surpreendente o quanto ele foi por muito tempo uma espécie de guru dos artistas brasileiros, sendo mencionado como uma figura caricata. Não passava de um aproveitador da ignorância em massa, usava de seus conhecimentos de mágica e farmacologia para impressionar e foi cada vez mais longe... É uma caso real de como não devemos nos levar pela percepção sensorial e sim, estar atento ao verdadeiro conecimento baseado em algo sensato.

    ResponderExcluir
  3. Ás vezes é meio complicado saber discernir aquilo que vem do sobrenatural, baseado em algo concreto e aquilo que é mera distração ou ilusão de ótica. Por isso, eu prefiro manter longe de tias aspectos, o que me importa é aquilo que agrda a Deus ou não. Afinal de contas nem sempre temos o discernimento ideal.

    ResponderExcluir
  4. Ele não trabalhava como FARMACÊUTICO, ele poderia trabalhar como balconista de farmácia, para trabalhar como FARMACÊUTICO tem de ser formado.

    ResponderExcluir
  5. Olha sinceramente acreditar em qualquer pessoa que se diz sobrenatural é uma coisa, mas tambem tem que saber que ha outras coisas que enganam tambem, como a midia, conheci thomaz pessoalmente uns dois anos atras se nao em engano, ele nao me mostrou nada de sobrenatural , principalmente pois nao era esse o intuito da minha visita, mas me contou (estou apenas expondo o que ele me contou nao estou dizendo se acredito ou nao) que a globo armou contra ele, e isso nao me pareceu de la tao impossivel. O que estou dizendo eh que é possivel tanto que ele seja charlatao quanto que nao seja, ou ate mesmo é possivel que ambas as coisas sejam verdades, mas pra que intuito se deve categorizar tanto assim? falem de uma pessoa apenas o que voce tem certeza que é verdade, e do thomaz a unica coisa que sei é que ele é extremamente simpatico e uma pessoa de bem, meio atrapalhado e desorganizado mas uma pessoa de bem.

    ResponderExcluir
  6. Gostaria muito de conhecê-lo,não me importa se ele é paranormal, ou um charlatão, mas pelo que me parece todos que entraram mancando , sairão andando ,e estão bem hoje,e a questão não é essa , é ajudar ao próximo, não importa se é ganhando dinheiro ou não . O que importa e o ajudar , e as pessoas que o criticam devia olhar mais ao lado e ajudar aos outro ao invés de criticar, e vai aquele ditado popular para essas pessoas, senta no rabo pra falar do rabo dos outros, coisa feia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou bem, anõnimo!é de estranhar o ódio dessas pessoas rastejantes contra um sujeito que, se fazia truques, os fazia de forma genial. Existe uma gravaçã da tv, da Globo, que, testando ele nessa coisa das luzes e estando dentro de um carro numa estrada à noite, registra, no céu, um fenômeno de luz espiralada que nem o Thomas percebeu. Na idade média queimavam as pessoas que não correspondiam aos critérios de normalidade da época...parece que as coisas continuam iguais até hoje.

      Excluir
    2. Kkkkkk entraram mancando e saíram andando? Por causa de pessoas como vc, que acredita em charlatões como ele, é que o pais ta nessa merda

      Excluir
  7. Você pode pegar um relato de alguém que conheceu o Thomas e traçar o perfil dele sem constestação sendo que esta pessoa o conheceu por menos de um ano?
    Podemos contestar um fenomeno paranormal sem sabermos nada disto?
    Você realmente acha que suas capacidades se resumen a comer, cagar e reproduzir?
    Não conhecemos nossas capacidades pois sequer sabemos quem e o que somos. Vivendo em ilusão da realidade como saberemos que o que sabemos é relevante nesta realidade?

    ResponderExcluir
  8. Isso é muito estranho, as pessoas que se dizem religiosas acreditam em anjos, milagres, abertura do mar vermelho, expulsão de demonios, ou seja coisas sobrenaturais, mas ao mesmo tempo tem medo e atribuem a charlatanismo qualquer tipo de afirmação relativa a fenomenos paranormais, então fica a pergunta: se a Biblia está repleta de narrativas de fenomenos extraordinários, por que os religiosos tem tanto medo de aceitar que eles podem existir e que os homens como obra de Deus poderiam fazer parte de tais fenomenos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não foi ninguém que acredita em anjos e todas essas baboseiras q vc falou, que desmascarou esse bandido não, foi um americano chamado James Randi, o mesmo até hj oferece 1 milhão para alguém que comprovar para ele que é paranormal, e é claro, até hj ninguém o fez pagar 1 milhão.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Ele não foi desmascarado pq ele ñ tem necessidade de provar nada. Acredita quem quer.

      Excluir
  9. Qualquer mágico, hoje em dia, tipo DYNAMO faz truques muito melhores que esse embusteiro de quinta categoria. Hoje cumprindo pena de prisão, o RÁ provoca RIsos, desmascarado e internacionalmente colocado na berlinda, tal e qual URI GELLER, outro vagabundo. Qualquer idiota percebe que um desses malogrados "espertalhões", se verdadeiros fossem, JAMAIS recusariam um milhão de dolares, apenas para demonstrar uma só ação do sobrenatural calhorda e canalha. Claro que isso também se aplica a valdemiro santiago, edir macedo e seus encostos e ao mago estelionatário rr soares. TODOS COMPARSAS DE JOÃO DE DEUS NA FRAUDE.

    ResponderExcluir
  10. Interessante a discussão. Uma coisa eu garanto, posso fazer um pássaro reviver, dando a ele uma anestesia de efeito rápido. E rarara

    ResponderExcluir
  11. Pow se ele abrisse uma igreja iria ficar bilionário com tantos idiotas que existem Por ai.

    ResponderExcluir
  12. Cara o thomas green e uma preciosidade da vida extra cosmica paralela capaz de entrar em contato com seres das mais variadas vibracoes estelares , putz coitado de quem nao se irradia desta luz abencoada e pura que e o RA emitido nu ma v8bracao extra sensorial vinda de outro universo e materializada nas cordas vocais do ser abencoado e imaculado que e o mestre thomas , Ra pra voces e piedade mestre desses incredulos seres atrazados e antivibratorios

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena... passaram tantos anos e os seus comentários idiotas continuam os mesmos. Evolui, cara, e procura enxergar além do seu umbigo.

      Excluir
  13. Eu tenho um gatinho chamado Tomaaaaaaassss!!!!Raaaaaaaaaaa!!!

    ResponderExcluir